Compacta, leve e trabalhadora! Pode ser a resposta para as necessidades de um pequeno escritório e não se deixem enganar pelo preço do pack XL de tinteiros.


O que pretendo de uma impressora? Ora, a resposta é simples: que faça tudo, depressa e bem! E existem impressoras que me possam satisfazer? Sim, existem, umas mais que outras, outras mais que umas. Então, porque é que poderia escolher uma Epson Worforce Pro para a minha redacção ou micro-empresa? Porque “aguentou-se à bronca” durante a produção de todo o #festivalMental que ajudei a produzir e comunicar e que aconteceu em Novembro. De todo? Sim, de todo! Vamos à análise?

Antes de mais, convém explicar que tenho uma relação com a Epson desde 1995, pois foi o ano de início de actividade da minha própria agência de publicidade, uma mini-empresa que fazia trabalho macro com poucos mas multidisciplinares profissionais. Lembro-me que a Epson vendia modelos A3 e, mais tarde A3+, e gastámos fortunas ao comprar algumas. Quando uma rebentava, nem valia a pena mandar arranjar, tal era o massacre mecânico. Essas “meninas” sempre fizeram bem o seu trabalho. Mas, anos mais tarde, algo aconteceu e mudei de marca. Tive, se calhar, azar, mas duas impressoras que comprei de segmento inferior, para ter em casa, tiveram alguns problemas.

De lá até cá, e já lá vão uns anos, perdi a conta às impressoras que comprei. Tal como nos carros, não sou fiel a marcas, e acho que tive uma de cada. O contacto que tenho tido com os modelos mais recentes, são através destas análises e passei a reequacionar a aposta numa tudo em um, algo que vou precisar para a produção do Mental 2018 e por aí adiante. Preciso de uma trabalhadora incansável, rápida e que seja fácil de usar pelas pessoas que chegam ao escritório com os seus portáteis, tablets ou telefones e precisam de imprimir rapidamente um documento, para além de funcionar sem mácula numa rede interna.

Ora nada melhor que um teste a sério para ficar a saber se esta Worforce Pro, modelo WF4720, é capaz de responder ao exigido.

Em primeiro lugar, há que dar os parabéns à Epson por conseguir criar um modelo bastante compacto e pouco pesado comparativamente com as gamas mais profissionais. Esta WF4720 encaixa-se bem em qualquer mobiliário ou mesa e não assusta ninguém, sendo perfeita para um ambiente preenchido por três ou cinco profissionais. Foi fácil instalá-la, emparelhá-la em rede e perceber os seus truques. O ecrã LCD de 3,7″ (cujo ângulo podemos alterar para perfeita visualização) é táctil e muito informativo. Os menus são simples, com gráficos coloridos, e quase auto-explicativos. Esta Epson também tem uma entrada directa USB (tapada por uma pequena tampa que a dissimula muito bem), Wi-Fi e Ethernet, e ainda AirPrint para quem usa Apple ou Google Cloud Print para quem usa Android. Podemos, ainda, usar a App da própria Epson que também consegue o resultado pretendido. Estas funções são valiosas para quem quer enviar documentos de longe para o escritório, por exemplo.

Epson Workforce Pro WF4720DWF

 

Se a impressão tem qualidade de resolução 1200x4800dpi, o Scanner chega aos 1200x2800dpi, mais que suficiente para qualquer tipo de documento. Podemos ainda fazer fotocópias do documento a preto ou a cores e, para quem ainda for obrigado a isso, ligar a ficha RJ45 para ligar a função Fax. Exactamente!

Esta Worforce Pro tem uma bandeja principal e frontal de simples acesso: basta puxar, colocar as folhas (até 250) e empurrar. Está feito! No topo temos um alimentador secundário até 35 folhas que também possibilita a impressão frente e verso de forma automática, bastando seleccionar a acção no painel táctil. Tudo muito simples! Na bandeja principal é também prático escolher o tamanho do documento a imprimir, sejam envelopes ou etiquetas. Depois é seguir os passos através do menu no painel ou pelo computador. Infelizmente, não existe uma segunda gaveta só para estas especificações mas encontramos essa opção em outros modelos da gama.

Mas vamos ao que interessa: o trabalho! E aqui há que dar os parabéns à Epson. Esta WF4720 é muito silenciosa e extraordinariamente rápida. A marca aponta 20 páginas por minuto e até aceito este número. Com poupança de tinta, cheguei lá, mas com qualidade média são umas 18 ou 19. Mas agora preparem-se para um grande choque: esta velocidade mantém-se nas impressões a cores! Sim, é verdade! Toca a imprimir gráficos e queijos num piscar de olhos, se faz favor.

Mas se a velocidade e a impressão a preto são as grandes vantagens desta Epson, há que perceber que não é uma impressora fotográfica. Mesmo com papel brilhante ou glossy, a qualidade final é apenas mediana. Mas, vamos ser sinceros, a máquina a mais não é obrigada. Por outro lado, e mesmo com a qualidade mínima, a impressão de texto é notável.

Análise Epson Workforce Pro WF4720DWF

Falei lá em cima da produção de todo um festival e chega a hora de explicar porque o fiz: ora a WF4720 chegou-me com um pack novinho de tinteiros XL que, garante a marca, consegue imprimir 2600 folhas a preto e 1900 folhas a cores. Com isto em mente, agora digo-vos: acho que gastei cerca de cinco resmas A4 e imprimi a p/b e a cores sem pensar em custos nem sequer em gastos. E ainda resta um niquinho de preto e alguma coisa dos M/Y/C. E isto, meus amigos, é absolutamente extraordinário, pois foi um trabalho nonstop com maquetas, comunicados, provas, documentação técnica, dossiers de imprensa, enfim, muita folha e muita tinta.

Serve isto tudo para tentar poupar-vos a um ataque cardíaco quando mencionar o preço de tudo isto. A Epson Workforce Pro WF4720 custa 230€ o que até é um valor bem simpático para esta força de trabalho.

Mas os tinteiros até arrepiam: o pack XL custa 166€. Assustados? Bom, então pensem lá um bocadinho: é que estamos a falar de milhares de impressões e, fazendo as contas, cada uma fica à módica quantia de 10 cêntimos. Num repente, as coisas mudam, não é? Bom, deixo aqui a tabela de preços dos tinteiros (reparem no número de impressões por baixo de cada valor) e façam as contas.

Esta Epson está pensada para servir uma micro-empresa e pode ser a escolha ideal fazendo as contas ao custo de impressão por folha, para além de ter um preço até simpático descontando o valor do IVA.

VoiceBox - selo prata
VoiceBox – selo prata

 

 

 

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga o VoiceBox

QUAL O MELHOR SMARTWATCH 2017?

A ESTREIA EM DUAS RODAS

Vídeo da semana