Grande, leva sete ou muita bagagem, carismática, confortável e muito conectável. A Fiat pode ter nesta 500L Wagon um verdadeiro best seller.


Fiz recentemente uma enorme produção que me obrigou a transportar cinco adultos, por vezes até mais, e uma enormidade de material técnico, desde equipamento audiovisual a todas as tralhas que geralmente fazem a promoção de um evento. Não é fácil, garanto-vos, ter um automóvel que arrume todas estas coisas e, ainda mais difícil, um que o faça com grande conforto e até algum luxo. Mas, por uma daquelas coincidências que a vida apresenta, calhou-me testar o enorme Fiat 500 L versão Wagon de 7 lugares e full extras. Acreditem, nunca uma coincidência foi tão bem “usada”!

O que dizer do novo 500L (de Living) Wagon? O exterior apresenta mudanças de pormenor, como a nova grelha e faróis diurnos Led, frisos e puxadores cromados e pára-choques na cor da carroçaria. Tendo como base as linhas do 500 que deram toda uma família de pequenos e grandes carros, é longo mas estranhamente compacto para o que foi delineado, ou seja, o transporte de famílias numerosas que levam os seus pertences de local para local ou, no meu caso, de um conjunto de profissionais com os seus equipamentos.

Análise fiat 500L wagon

Mas é no interior que tudo mudou para melhor. Na verdade, e desculpem-me ser atrevido, é praticamente decalcado do que podemos experienciar a bordo de um Alfa-Romeo. Comandos e botões, layout, até o painel de instrumentos com o seu próprio ecrã LCD de 3.5″, têm uma apresentação top, muito dinâmica e desportiva e que empresta um certo glamour ao conjunto.

Ao centro destaca-se o grande painel LCD com 7″ e táctil que é todo um equipamento de informação e entretenimento, ou infotainment como se diz agora. Muito informativo e fácil de operar, conjuga-se perfeitamente com os comandos no volante (frente e trás) a que a marca já nos habituou. O sistema Uconnect descobre e emparelha-se facilmente com o nosso telefone, dá-se ao luxo de ditar em voz alta as SMS que recebemos, enquanto ouvimos música através das portas USB, por bluetooth ou pelo tradicional rádio. Mas há mais coisas interessantes: tem ligação ao facebook e tweeter e também possibilita serviços de streaming com o Deezer ou rádios online com o serviço TuneIn. Garanto-vos que vale bem a pena e é um tónico para quem guia na cada vez mais entupida Lisboa.

Análise fiat 500L wagon

Não vou mencionar o Apple CarPlay porque não me é possível experimentar. Não uso esse terminal. Mas sei que, através deste serviço, também se pode ter notícias sobre o transito, ao fim e ao cabo, o mesmo serviço que o TomTom Live nos oferece se optarmos por aí. Por outro lado, o sistema Android Auto é todo um mundo para quem tem um equipamento compatível. Através deste, podemos aceder a tudo e mais alguma coisa, inclusive Google Maps, só para citar um exemplo. Top noch, Fiat, se bem que este equipamento esteja dentro do Pack Connect que, “naturalmente”, equipava esta unidade de teste. Para terminar esta secção, de salientar a câmara traseira que nos dá imagem através do ecrã central. Tudo com excelente visibilidade e linhas de rota para não batermos em nada. Já mencionei que este 500L Wagon é comprido, não foi?

A mala tem 1704 litros de capacidade com os bancos rebatidos. Estes são bons para crianças, sendo o acesso bastante difícil através das portas laterais para um adulto, mas que se pode tornar numa festa ou jogo para os júniores. Ou seja, este Wagon é, na verdade, um cinco lugares com a possibilidade de encaixar os fedelhos lá atrás em dois escondidos. Mas a bagagem fica de fora…

Não é só o pack Connect que está na unidade que tive na mão. Nada foi deixado ao acaso e é full extras e com todos os packs que a marca tem o que, realmente, empresta ao 500L Wagon todo um charme e uma dinâmica difíceis de igualar em modelos similares e com preços tão atractivos. E, ainda por cima, o tecto branco com o resto a preto fica verdadeiramente cool.

Análise fiat 500L wagon

Vamos à experiência de condução: este motor diesel 1.6 Multijet 16V com 120 CV chega e sobeja para uma condução determinada e com algum coração. Presente em muitos modelos do grupo, surge acoplado a uma caixa de seis velocidades bem escalonada para o tipo de veículo que é, apostando na força das primeiras relações para conseguir arrancar com todo o peso possível numa subida íngreme, como há tantas em Lisboa. O interior é luxuoso, os bancos confortáveis, os comandos à mão, mas a posição de condução, com o volante num ângulo mais horizontal que o normal, requer alguma habituação, pois sugere que estamos a guiar uma carrinha de maiores dimensões. Nada que um par de dias não ultrapasse e é com alguma pena que deixamos esta carroçaria na casa mãe depois de nos habituarmos às suas diferenças.

Análise fiat 500L wagon

De notar que os consumos são baixos, mesmo que tenha feito percursos urbanos e suburbanos em constante pára-arranca. O conforto tem um papel determinante na qualidade de vida a bordo onde se vê e se sente o grande espaço interior mesmo quando esta Wagon está a abarrotar. Não adorna muito em curvas, o que seria de esperar olhando para a altura do modelo, e ultrapassa obstáculos sem grandes queixumes.

Existem mais ajudas à condução com o muito útil Autonomous City Brake que trava o carro automaticamente quando adivinha uma colisão, desde que seja a velocidades inferiores a 30 Km/h (aliás, o máximo a que podemos guiar na maior parte do interior da cidade, certo?).

Em suma, gostei francamente desta Fiat 500L Wagon. É económica, tecnológica, confortável e grande, muito grande, mas que garante facilidade de condução e desenvoltura quanto baste.

O preço desta versão começa nos 25.500€ a que devemos acrescentar mais uns 1000 a 1500€ de pacotes. É um excelente preço para o que oferece!

PS: as fotos originais que tirei à Wagon ficaram para sempre esquecidas num cartão de memória que se perdeu num desses dias de grandes e complicadas tarefas, daí ter-me socorrido das imagens oficiais.

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

VOICEBOX é um Blogue de João Gata

Siga o VoiceBox

QUAL O MELHOR SMARTWATCH 2017?

A ESTREIA EM DUAS RODAS

Vídeo da semana