Equilibrado e com Android “puro”, este é o melhor BQ de sempre.


Gostei francamente do BQ X5 Pro que até me acompanhou ao longo de uns quantos meses, mas não previ a brutal mudança, numa só geração, para o BQ Aquaris X Pro que surgiu com acabamentos de luxo e peso a condizer. Com traseira em vidro e laterais em metal (no caso branco e dourado), a BQ fez um excelente trabalho no que toca a design, qualidade de construção e acabamento.

Análise BQ Aquaris X Pro

A máquina surge com um processador Qualcomm Snapdragon 626 alimentado por 4 GB de RAM e 64 ou 128 GB de memória interna. Com ecrã de 5,2″ FHD com 1920 x 1080p, garante uma qualidade que corresponde ao que esperamos de um bom, excelente, terminal de gama média.

A BQ sempre apontou armas para os utilizadores que procuram um sistema mais limpo, mais de acordo com o princípio da Google e dos seus terminais, e os Aquaris fazem jus a esta opção. Mas o que é perfeito para uns, pode ocasionar alguma perplexidade aos utilizadores que estão habituados a UIs que já trazem todas e mais algumas aplicações de fábrica. Mas não há razões para alarme: basta ir à loja e fazer a instalação com a certeza que teremos sempre um terminal mais limpo e, por isso, também mais rápido que os adversários que contam com a mesma tecnologia.

Análise BQ Aquaris X Pro

Com bateria com 3100mAh que aguenta bem o esforço de um dia e ligação USB-C com carregamento Quick Charge 3.0 para tudo ser mais rápido, o X Pro surge com uma câmara principal com Flash Led de dois tons para abrilhantar o sensor de 12MP e abertura f/1.8, um aspecto cada vez tido mais em conta pelo consumidor que pode encontrar aqui a sua arma para disparar belos fotomatons. Com uma suíte bem desenhada que nos abre as vantagens de controlo manual de alguns parâmetros, obtive resultados muito satisfatórios e até bem acima do esperado em condições de fraca luz. A razão é simples: o sensor é o Dual-Pixel da Samsung que já tem pergaminhos e sabe muito bem o que faz. A qualidade HDR é também uma mais valia, contudo, não está presente na câmara frontal que se apresenta com os “tradicionais” 8MP aqui com abertura f/2.0 e flash Led.

Análise BQ Aquaris X Pro

Em relação à gravação vídeo, podemos escolher as pré-definições para câmara lenta, velocidade mais rápida ou o intervalo de tempo. Também com qualidade HDR e HDR+, podemos gravar vídeo com uma qualidade máxima de 4K a 60fps.

Podemos usar dois cartões Dual Sim LTE mas para usar um cartão de memória (até 256 GB) teremos de sacrificar uma das slots. Nada de inesperado, como também não se consegue acrescentar nada de novo ao botão traseiro que funciona como sensor de impressões digitais. Podemos memorizar vários dedos sem dificuldade e tudo funciona em milésimos de segundo.

Análise BQ Aquaris X Pro

Resumindo, é um bom terminal para o valor que custa e dá nas vistas, pois está bem construído, é bonito e agradável de manusear, mas com cuidado, pois o acabamento em vidro proporciona escorregadelas.

A BQ tem um modelo mais básico, muito semelhante, que é o BQ Aquaris X que surge mais barato mas com características menos sonantes. Contudo, pode ser uma melhor opção para quem não quer gastar muito dinheiro, ficando cerca de 50€ mais barato.

PVP: 340€

Análise BQ Aquaris X Pro

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Análises – reviews

Breves

Siga o VoiceBox, um blogue de João Gata