Fui testá-los nas mais difíceis condições e quando a aventura terminou fiz o balanço de toda uma vida urbana.


Numa manhã perfeita, daquelas que fazem com que valha mesmo a pena ser português, desloquei-me ao clube de campo de Belas, uma zona próxima mas protegida da grande cidade de Lisboa com uma beleza natural fantástica onde o golfe é o desporto de eleição.

Esta zona privilegiada foi uma escolha perfeita para a apresentação da JEEP em Portugal, agora sob a alçada da FCA que detém as marcas Alfa-Romeo, Fiat e Chrysler.

FCA - Jeep

Marca com pergaminhos desde a segunda grande guerra, a Jeep chega ao mercado com modelos icónicos e com designações sonantes: Cherokee, Grand Cherokee e Wrangler. A par destes, os novos Renegade e o muito antecipado Compass (que inicia a sua comercialização no mercado português durante Outubro). Juntos fazem uma gama que mete respeito e que coloca bem mais alta a fasquia do off-road e do divertimento de condução fora de portas.

Tive a felicidade de conduzir o novo Cherokee por meio da pista de treinos TT (liderada pelo já histórico Manecas) e depois fazer um percurso realmente acidentado e que metia medo a quem ia ao volante ou à pendura. Essa aventura, que podem ver no vídeo (mas dessa vez comigo a aprender os truques), aconteceu a bordo do Wrangler, sem dúvida o grande sucessor do Willys.

Só para vos encher de curiosidade: aquela descida foi feito totalmente em modo automático e com os pés fora dos pedais. É fantástico o que a tecnologia automóvel permite em terrenos impróprios para cardíacos.

Quanto a estes dados técnicos, estou na fila para os muitos ensaios que já foram pedidos pela classe jornalística portuguesa. Hoje este post serve mesmo para dar as boas vindas a uma marca que vai marcar as estradas nacionais a partir de agora. E muito mais, o fora de estrada nacional.

Os mais altos responsáveis pela marca, nacionais e globais, explicaram aos presentes como foi possível ter esta estreia já em 2017 e com uma rede de concessionários que foi inaugurada durante o evento, com 15 pontos de venda e 18 pontos de pós-venda, o que se traduz numa forte presença e cobertura nacional, tanto no continente como nas ilhas.

Houve uma grande aposta e investimento por parte dos parceiros e muitas das instalações contam com áreas de exposição premium, onde também podemos admirar a Alfa Romeo.

O segmento em que os produtos JEEP se inserem é extremamente interessante. Em Portugal, cresceu, no ano completo de 2016, 32%, num mercado que cresceu no mesmo ano 16%. Os SUVs representam em Portugal sensivelmente 20% do mercado total. A Jeep quer mudar estes números.

Bem-vinda.

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Estivemos lá.

IFA 2017

Siga o VoiceBox

QUAL O MELHOR SMARTWATCH 2017?

A ESTREIA EM DUAS RODAS

Vídeo da semana

https://www.youtube.com/watch?v=cRzmX32ThCQ