“uma maçã por dia nem sabe o bem que lhe fazia”

 

1

Ouvimos muitas vezes a máxima

– “uma maçã por dia nem sabe o bem que lhe fazia”!

Ela é bem real, e por isso nós consumimos maçãs todos os dias, elas fazem parte da pausa da manhã ou do lanche.

A Maçã Reineta no entanto pelas suas características é a ideal para cozinhar e no início de Setembro é a época da sua colheita. Assim por esta altura temos maças frescas acabadas de apanhar.

Está na altura das Maçãs Assadas… elas recordam-nos a infância, quando esperávamos pelo Outono para as comer. Estavam muito presentes nos últimos meses do ano e eram obrigatórias no Natal.

Nos restaurantes eram uma presença constante no cardápio, hoje em dia não aparecem! Porquê? Onde estão as Maçãs Assadas??

Nós adoramos Maçãs Assadas e por isso é uma sobremesa que fazemos muitas vezes cá em casa.

As Maçãs Reinetas Assadas são um verdadeiro hino à cozinha mediterrânica, a simplicidade dos sabores e dos ingredientes. Apenas Maçãs, azeite e mel e o resultado é surpreendente!

RECEITA

Ingredientes:

  • 6 maçãs reinetas grandes
  • 6 paus de canela
  • 12 c. (sopa) de mel
  • 90ml de rum
  • 6 c. (sopa) de açúcar amarelo
  • azeite q.b.

2

Modo de Preparação:

Comece por retirar o caroço às maçãs, com o descaroçador, e faça um corte em cruz com cerca de meio centímetro de profundidade sobre o buraco que fica do caroço.

Depois pegue num tabuleiro e coloque no fundo um fio de azeite (o azeite evita que as maças se agarrem ao tabuleiro) disponha as maçãs e coloque 1 pau de canela em cada buraco.

Numa tigela misture o rum com o mel e mexa bem, de seguida distribua este preparado pelas maças e termine colocando uma colher de açúcar sobre cada uma para fazer a coroa da maçã.

3

Leve ao forno, pré-aquecido a 180ºC,  durante 1 hora. Dependendo do forno e tamanho das maçãs a partir dos 45 minutos verifique.

4

Receitas, truques, dicas, utensílios… por Travessa das Bolinhas Vermelhas

 

 

 

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Análises – reviews

Breves

Siga o VoiceBox, um blogue de João Gata