Todos nós temos um Super-Herói favorito e o meu é o Spider-Man. Depois dos livros e do cinema, chega o jogo em exclusivo PlayStation 4


Desde menino que gosto de super-heróis e cresci com eles.

Foi uma época em que vivi as Aventuras dos Cinco paralelamente aos “tio Patinhas” e tudo a que a minha geração pudesse deitar a mão.

A Marvel é, por conseguinte, emblema mantido ao longo das décadas e que muda de casa conforme as minhas próprias mudanças.

Todos nós temos um Super-Herói favorito e o meu é o Spider-Man.

Não há qualquer dúvida, o segundo lugar está a anos luz deste podium. E assim ficará, julgo eu, até à nossa aventura final.

Hoje, num telhado digno de um aranhiço super poderoso, foi apresentado em Portugal o jogo Marvel’s Spider-Man que tem lançamento oficial no próximo 7 de Setembro.

Marvel’s Spider-Man, exclusivo para PS4, foi apresentado hoje em Lisboa

Jon Paquette apresentou o jogo

João Lopes, PR Manager da Sony, não escondeu a satisfação por mais este “super” exclusivo PlayStation 4 que reforça um excelente ano para a marca nipónica.

O evento também contou com a presença do principal argumentista, Jon Paquette, da Insomniac que destacou muitos interesses para que os jogadores e fãs da personagem se sintam mesmo na pele de Peter Parker.

Há novas personagens, fatos com poderes especiais, relações e vilões. Mas, como é normal, foi pedido aos presentes que escondessem estes segredos para não estragar a surpresa.

Mas posso falar de outras mais simples: a acção passa-se em NY, podemos correr, saltar e voar de um lado para o outro.

Por falar em teias e vôos, Paquette confidenciou que alguns beta testers passaram muito tempo apenas a lançar teias e voar porque é, afinal, terapêutico.

Marvel’s Spider-Man, exclusivo para PS4, foi apresentado hoje em Lisboa

Jogabilidade elevada

Durante o jogo, temos que completar tarefas e desafios como o Peter faz no trabalho. Isto significa que, tal como um investigador e um cientista, Parker terá que completar tarefas e desafios no laboratório como parte das suas responsabilidades profissionais.

O trabalho de Peter oferece a todos os jogadores uma visão única sobre o outro lado da vida do Spider-Man, nomeadamente uma perspectiva de como é que os seus dois mundos continuam a colidir;

Peter passa o seu tempo no laboratório a criar o seu novo fato branco / avançado, depois do seu original ter sido rasgado e reduzido a pequenos pedaços durante uma luta com Fisk;

Tive ainda tempo para experimentar a jogabilidade e percebi, quase imediatamente, que o jogo cativa pelo ritmo, qualidade gráfica, fluidez e objectivos.
Fiquei com vontade de me aventurar com, afinal, o meu super-herói preferido.

E pronto, é mais ou menos isto que posso desde já avançar.

Galeria de fotos

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Análises – reviews

Breves

Siga o VoiceBox, um blogue de João Gata