Novo design permite menos atrito aerodinâmico e mais estabilidade para o veículo percorrer maiores distâncias com a mesma carga


Com Elon Musk a apresentar o Tesla 3, o tal eléctrico que vem revolucionar o mundo automóvel (ou pelo menos tentar agitar as águas), os técnicos da Nissan tiveram de repensar o Leaf e prepará-lo para este embate com as novas propostas que estão a surgir (ou anunciadas) para os próximos tempos.

O novo Nissan LEAF terá, finalmente (as actuais linhas nunca me convenceram) um design aerodinâmico melhorado o que o torna mais eficiente. E a eficiência num eléctrico traduz-se em maior distância percorrida com a mesma carga.

A nova geração do Nissan LEAF tem o centro de gravidade mais baixo, proporcionando uma força aerodinâmica ascendente nula para maior estabilidade a velocidades elevadas. As novas características do design melhoram também significativamente a estabilidade quando sujeito a ventos cruzados.

Os engenheiros da Nissan, inspirados nas asas dos aviões, recriaram a forma ideal para o novo LEAF, permitindo um fluxo de ar simétrico que o ajuda a cortar o ar.

As imagens prometem um eléctrico cheio de… “power”!

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga o VoiceBox

QUAL O MELHOR SMARTWATCH 2017?

A ESTREIA EM DUAS RODAS

Vídeo da semana