GH4_H_FS14140_front {focus_keyword} A nova Panasonic Lumix GH4 filma a 4K GH4 H FS14140 front

A série GH colocou a Panasonic debaixo dos holofotes de todos quantos fazem vídeo e que procuram, numa câmara fotográfica e nas suas objectivas, uma mais valia técnica e criativa. Tenho experimentado (não com o tempo que gostaria, pois seria quase ad eternum) esta série da gama Lumix e podem espreitar uma anterior análise clicando neste link da GH3.

A nova Panasonic Lumix GH4 chegou para convencer os que ainda espreitam outras soluções. É mais pequena, compacta e leve que as DSLR devido ao sistema micro 4/3, tem um corpo em liga de magnésio fundido a pressão e é resistente a salpicos e pó. A GH4 vem reforçar o seu estatuto com a possibilidade de gravação vídeo com qualidade 4K (Cine 4K a 4096×2160 / 24 fps e QFHD 4K 3840×2160 / 30 fps) em formato mov ou MP4. Podemos também gravar vídeos Full-HD com um bitrate de 200 Mb por segundo (All-Intra) ou a 100 Mb por segundo sem limite de tempo de gravação, o que ultrapassa uma das maiores queixas dos videastas, o famoso “minuto 29”.

A qualidade do novo sensor Digital Live MOS de 16MP salta à vista. As cores são um espanto. Mas é no vídeo que tudo se realça, também devido ao renovado processador Venus Engine reforçado por um também novo CPU quad-core necessário para filmagens em 4K. As imagens são claras, muito bem definidas, com cores estáveis e realistas, tão ao modo nipónico. Consegue-se filmar com bastante qualidade em ambientes pouco iluminados, mas é perfeita para o lusco fusco exterior. Logicamente que, mesmo com um sistema de redução de ruído avançado que permite ISO de até 25600, fica aquém de uma outra realidade nocturna conseguida (de forma mágica, diria) pela Sony Alpha 7S, a partir deste ano o topo máximo da hierarquia neste contexto videográfico, mas consegui belos resultados com pouco ruído desde que exista uma réstea de luz para a equilibrar.

GH4_back {focus_keyword} A nova Panasonic Lumix GH4 filma a 4K GH4 backTemos duas belas opções para visualizar o assunto e segui-lo a alguma distância: o ecrã de 3″ tem 1.036 pixels de resolução, roda 180º na lateral e no seu eixo em 270º. O visor electrónico OLED tem um ratio 16:9 com, atenção, 2.359 pixels de resolução, o que é fantástico. Muito luminoso e a 100%, é também bastante informativo. A GH4 é uma câmara moderna, portanto, não faltam ligações wireless por bluetooth ou NFC e há uma App para controlo através dos nossos devices.

Numa coisa as micro 4/3 se destacam das DSLR e essa é a velocidade do sistema de focagem. A GH4 inaugura um novo sistema de contraste AF de alta precisão através da integração da tecnologia DFD (Depth from Defocus), sistema que compara o contraste entre duas zonas fora de foco para calcular o ponto de focagem correcto. O sistema AF com detecção de rosto e olhos passou para 49 pontos de focagem (mais do dobro da GH3), reforçado com o modo Personalização Múltipla que permite seleccionar rapidamente as zonas que se deseja que sejam focadas, perfeito para vídeo. Aliás, esta câmara é pensada para as necessidades dos videastas e toda esta tecnologia demonstra o esforço que a marca depositou no melhoramento desta nova Lumix.

Para estes profissionais, incorpora prestações desenhadas especialmente para vídeo, como o Master Pedestal, 1KHz Test Tone e Color Bars, além do SMPT Compliant Time Code, Modo REC ou Livre, Zebra Pattern para ambientes com muita luz e o Focus Peaking, para identificar com precisão o plano de foco da imagem.

Enfim, a lista é extensa.

GH4_H_FS14140_top {focus_keyword} A nova Panasonic Lumix GH4 filma a 4K GH4 H FS14140 topUma das melhores características desta GH4 é um interface próprio com todo este painel (em baixo) fantástico que acomoda ligações para jack de microfone (XLR com phantom Power), auriculares de 3,5mm e, através de um cabo micro HDMI opcional, é possível controlar a gravação através de um monitor em tempo real. Além disso, incorpora saídas AV (Áudio 2 canais, componentes), terminal para flash sync e jack de 2,5mm para controlo de disparo. WOW!

DMW_YAGH_side_2 {focus_keyword} A nova Panasonic Lumix GH4 filma a 4K DMW YAGH side 2De salientar que as Lumix são compatíveis com muitos dos acessórios e objectivas feitas para o sistema micro 4/3, portanto soluções da Olympus e Sigma, ara citar as mais importantes, entram nas contas de quem se decide por este caminho.

Quem está habituado às Lumix desta gama (e da G mais orientada para fotógrafos) sabe que os resultados são muito bons. Exposição correcta, cores naturais com detalhes muito definidos, fazem parte do cartão de visita. Mas a facilidade com que se consegue mais dramatismo com profundidade de campo é de apontar (mesmo com uma simples 14-42mm que vem no pack básico da G5 já demonstrava isso). Em condições normais, o equilíbrio é a nota desta GH4 e a praticabilidade devida aos menus muito simples de seguir e com o ecrã táctil, é extrema. Dá gosto trabalhar com esta GH4 e o ecrã táctil é uma mais valia extraordinária, principalmente para quem filma, pois permite, por exemplo, escolher de forma suave os pontos a focar, mantendo a câmara estabilizada num tripé.

A Panasonic Lumix GH4 tem faculdades mesmo muito boas, desde a gravação 4K (a quem interessar), dois ecrãs fabulosos, efeitos criativos interessantes e que podem ser usados tanto em foto como em vídeo, a facilidade do ecrã táctil e o fabuloso sistema de auto-foco. É também compacta e mais leve que a concorrência imediata (Canon, Nikon e Sony). Poderia ter mais qualidade com um sensor maior? Sim, claro. Mas perdia-se o factor compacto.

É uma excelente proposta para quem filma ou fotografa acção ou desporto com factores valiosos como a “ilha de ligações” e um preço nada mau para o que consegue.

PVP: 1495,00€ (corpo)

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

VOICEBOX é um Blogue de João Gata

Siga o VoiceBox

QUAL O MELHOR SMARTWATCH 2017?

A ESTREIA EM DUAS RODAS

Vídeo da semana