Imaginem chegar a casa e instalar o smartphone no lugar do touchpad do portátil e tudo ficar interligado. Chama-se Project Linda.


A malta da Razer pensa, ponto final! E pensa bem, porque surpreendeu meio mundo com este conceito que faz todo, mas todo o sentido: acoplar um smartphone Android no chassis de um laptop e assim transferir as potencialidades do que temos no bolso para um ecrã maior e com um teclado como deve ser.

Sim, o Project Linda aproveita o recentemente apresentado Razer Phone (com ecrã de 120 Hz) para reforçar um caminho lógico que já foi tentado tanto pelo Continuum da Microsoft quanto pelo DeX da Samsung, misturando o conceito originalmente proposto pela Asus que inventou um espaço no seu Transformer Book V para receber um Smartphone. Até a Motorola em tempos surgiu com o Altrix, em 2011.

Project LINDA

A Razer foi mais longe: o smartphone encaixa-se no espaço do touchpad e, claro está, vai funcionar como se fosse um. E, talvez, dobrar as funcionalidades do ecrã principal com outro tipo de acções (movimentos tácteis, espaço para desenhar, etc.).

O “computador” entre aspas apresentaria um belo ecrã de 13,3″ com 2560 x 1440 pixels de resolução, 200 GB de armazenamento adicional, um teclado razer Chroma e duas portas USB 2.0. A bateria extra também servirá para recarregar o smartphone umas três vezes.

Vamos lá pôr isto na rua, Razer!

 

 

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga o VoiceBox

QUAL O MELHOR SMARTWATCH 2017?

A ESTREIA EM DUAS RODAS

Vídeo da semana