Lançado hoje, o Cinema28 é uma aplicação multimédia e multizona que permite através de uma única interface gerir a reprodução de conteúdo multimédia


O Cinema28 transforma um NAS da QNAP num centro multimédia conveniente, que permite aos seus utilizadores fazer streaming de ficheiros multimédia a dispositivos interligados ao longo de toda a casa.

A nova app Cinema28 integra as funcionalidades de streaming já existentes em aplicações da QNAP (incluindo a Photo Station, Video Station e Music Station) numa única app, tornando assim possível gerir centralmente todos os ficheiros multimédia nos seus NAS e dispositivos de armazenamento interligados. Onde quer que estejam os dispositivos de reprodução (incluindo PC, TVs inteligentes, e dispositivos móveis), os utilizadores podem simplesmente arrastar e largar ficheiros ou listas de favoritos nos dispositivos para reprodução directa.

“O Cinema28 torna o streaming de multimédia numa experiência mais fácil e intuitiva permitindo aos utilizadores gerir e reproduzir todos os seus ficheiros multimédia a partir de uma única interface. Com o suporte do Cinema28 para até 8 métodos de streaming e combinado com as excelentes capacidades de transcodificação dos NAS da QNAP, pretendemos oferecer aos utilizadores funções avançadas de multimédia juntamente com a experiência basilar de um NAS,” disse a propósito Bennett Cheng, Gestor de Produto da QNAP.

O Cinema28 pode reproduzir áudio com colunas ligadas à saída de linha de um NAS, entradas USB e dispositivos Bluetooth. A reprodução de vídeo é suportada através da entrada HDMI de um NAS, HD Player, dispositivos DLNA, Apple TV, e Chromecast.

O Cinema28 já está disponível a partir do App Center do QTS.

Requisitos de Sistema

  1. A extensão Media Streaming deve estar instalada no sistema operativo QTS a partir do App Center antes de poder usar o Cinema28.

O Cinema28 requer um NAS da QNAP com o sistema operativo QTS 4.3.0 (ou mais recente).

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Análises – reviews

Breves

Siga o VoiceBox, um blogue de João Gata