De visual retro mas equipadas com a mais recente tecnologia, há uma Revival para cada gosto ou necessidade


Quem não gosta do design dos rádios antigos, geralmente uma bonita mas grande e pesada caixa de madeira, com alguns detalhes uns quantos botões (de redondos a marfim como teclas de um piano) até à rede que protege o altofalante?

Pois que tenho dois e não me desfaço deles! Os rádios antigos têm esta magia dos tempos idos em que brilhavam como o centro das atenções (basta ver a explicação de António Silva sobre o funcionamento do aparelho) e, logicamente, têm um estilo que, de vez em quando é copiado pelos fabricantes modernos. Quem não se lembra dos rádios Tivoli, por exemplo?

Pois que a série de rádios Revival surgiu em 1956 pelo traço de Harry Roberts que se inspirou na mala da sua mulher. O desejo pouco se alterou até hoje, mas o miolo é realmente um pouco diferente. Temos, assim, o melhor dos dois mundos: a tradição dos anos 50 com a tecnologia áudio do séc. XXI.

Esta série inclui quatro rádios diferentes, cada um com os seus pontos fortes: Revival iStream2, Revival RD70, Revival Uno e Revival Mini. No entanto, todos estes modelos partilham alguns aspectos entre si. Para começar, cada um dos seus componentes, desde a antena até ao altifalante, foi escolhido criteriosamente para garantir a melhor qualidade de som possível. Depois, todos eles estão equipados com um sintonizador FM/DAB/DAB+ e duas tomadas de 3,5mm, uma auxiliar de entrada e uma de saída para auriculares. Finalmente, todos os rádios Revival podem ser ligados directamente à corrente ou alimentados por uma bateria interna.

Revival iStream2

O Revival iStream2 traz funcionalidades de rádio inteligente do século 21 ao design retro dos anos 50. Oferece conectividade sem fios integrada, acesso ao Spotify Connect e suporta reprodução de música via USB. Pode até ser controlado a partir de qualquer lugar da casa através da app gratuita UNDOK para Android e iOS.

Revival RD70

Com uma estrutura em madeira feita à mão e optimizada acusticamente, o Revival RD70 tem suporte para Bluetooth e pode ser utilizado como coluna reproduzindo música a partir de um smartphone. Para além disso, está equipado com um intuitivo mostrador a cores, tornando mais fácil a navegação pelas funcionalidades do rádio.

Revival Uno

Este rádio é mais compacto do que a maior parte dos outros membros da família Revival, sendo por isso perfeito para espaços mais pequenos. Com dois alarmes para dias de semana e fins de semana, é também o rádio de mesa de cabeceira ideal para aqueles que querem adicionar um toque de estilo ao quarto. Pode até configurar o brilho do mostrador para que a luz não o acorde durante a noite.

Revival Mini

Ainda mais compacto do que o Revival Uno, o Mini é igualmente adequado para a mesa de cabeceira e para a cozinha. Equipado com um botão de acesso instantâneo à sua estação favorita, o Revival Mini não sacrifica conveniência devido ao seu tamanho. E com acabamentos em ouro feitos à mão, é uma elegante adição a qualquer quarto.

Preço e disponibilidade

Os rádios Revival já estão disponíveis em Portugal através da Supportview. Os preços recomendados para o Revival iStream2 e o Revival RD70 são, respetivamente, 299 e 269 euros. Tanto o Revival Uno como o Revival Mini têm o preço recomendado de 199 euros.

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Análises – reviews

Breves

Siga o VoiceBox, um blogue de João Gata