Os Robo-Taxis são a mais recente dor de cabeça para os negócios Uber e Cabify


Se as contas da Uber estão sempre em negativos (as da Cabify não sei de momento) enquanto continuam a enfrentar sindicatos irados por essa europa fora, pode ser que o primeiro prego no caixão venha de uma ex-aliada dos taxistas, a eloquente Mercedes-Benz.

Como? Por causa dos, atenção, robo-taxis. Isso mesmo, a marca germânica (neste caso a casa mãe Daimler em parceria com a Bosch), está a apostar no mercado dos veículos sem condutor (VSC) com o objectivo de serem uma realidade já em 2020.

Este interesse mútuo que se passa a denominar Daimler-Bosch quer também criar toda uma rede/sistema de mobilidade urbana autónoma, ou seja, carros sem condutor para cidades sobrelotadas e povoadas.  Aliada a Apps e a todo um sistema integrado de geo-localização, “apanhar” um robo-taxi será tão fácil quanto chamar um Uber pelo telefone.

Esta aliança tem todo um programa de desenvolvimento preparado e com designações fáceis de explicar.

Autonomia Nível 4: carros autónomos mas que ainda necessitam do controlo humano em certas situações.

Autonomia Nível 5: carros totalmente autónomos.

A Bosch trabalha também afincadamente noutras parcerias, como por exemplo, com a Nvidia (fabricante de processadores para informática) para conseguir ter pronto todo um sistema de condução autónoma já em…. 2020.

 

 

 

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Estivemos lá.

IFA 2017

Siga o VoiceBox

QUAL O MELHOR SMARTWATCH 2017?

A ESTREIA EM DUAS RODAS

Vídeo da semana

https://www.youtube.com/watch?v=cRzmX32ThCQ