food_rossini_wide-ba73f5f7e400b9bbb172c86cad0b30a16408d903

Se eu fosse o Rossini, não tinha chorado, tinha-me atirado à água!

Conta-se que o célebre maestro, dizia que a arte da cozinha o interessava mais do que a música. Diz-se que chorou três vezes na vida: quando o “Barbeiro de Sevilha” foi assobiado; quando ouviu Carafa cantar uma ária; e quando, durante um passeio de barco, um perú trufado caiu à agua!

Imagino-o em lágrimas, de postura farta e prazenteira e sinto a sua “dor” como minha. Imagino-o feliz, a compor, e a deliciar-se previamente com o prazer que lhe estava reservado, para depois, ir tudo, literalmente, por água abaixo…

Esta história empresta-me ânimo e alegria, aqueles que se juntam à minha mesa, e que ainda veem e experimentam nos prazeres de cozinhar e de comer, actos que nos superam e que nos resgatam, nos dão colo e mimo.

Fica o repto. Para a cozinha! Preparar um tournedo Rossini ao som do Barbeiro de Sevilha!

Tournedos-Rossini-31

Tournedo Rossini

O tournedo Rossini, é uma receita bling bling no mundo da gastronomia. Conjuga, de forma ostensiva três das suas pérolas de luxo: filet mignon, foie gras e trufas.

Comece por temperar a carne com sal e pimenta e aqueça duas colheres de sopa de manteiga numa frigideira, quando começar a borbulhar, frite a carne por 2 minutos, não mais.

Transfira para uma assadeira e leve ao forno por alguns minutos.

Tempere o foie com sal e pimenta, frite as fatias, que devem ser generosas por 30 segundos, reserve.

Aqueça uma outra parte de manteiga e adicione cebolas, vinho da Madeira e caldo de carne (de preferência feito por si e reduzido a 1/3).

Peneire esta combinação. Retire a carne do forno e deixe repousar, finalize o molho, juntando as trufas e uma colher de manteiga.

 

Maria Schiappa

View all posts

Siga o VoiceBox

QUAL O MELHOR SMARTWATCH 2017?

A ESTREIA EM DUAS RODAS

Vídeo da semana