O regresso da famosa série tem estreia marcada para o Outono deste ano em todos os territórios onde a Netflix está presente, excepto EUA e Canadá


A coisa começa assim: “10 anos antes de Kirk, de Spock e da Enterprise, existia a Discovery” e ficamos logo a saber a razão do título.

Os Klingon são maus, os humanos bons, existem novos mundos e novas fronteiras e tudo aquilo a que fomos habituados ao longo de, agarrem-se bem, 50 anos!

É verdade, Star Trek, uma das franquias televisivas mais icónicas de que há memória, regressa à televisão meio século após a sua estreia com a primeira Star Trek: Discovery.

A série contará com uma nova nave, novos personagens e novas missões, mas mantendo a mesma ideologia e esperança no futuro que inspirou gerações de sonhadores e criadores.

Star Trek: Discovery irá acompanhar as viagens de Starfleet nas suas missões para descobrir novos mundos e formas de vida, assim como a história de um oficial da Starfleet que tem que aprender tudo sobre formas de vida alienigenas, terá que primeiro se conhecer a ele mesmo.

 

 

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Análises – reviews

Breves

Siga o VoiceBox, um blogue de João Gata