A VW promete há muito uma nova Transporter. Será que esta Buzz vai conseguir ver a luz do dia?


A VW promete há muito, muito, muito tempo lançar um novo pão de forma, a mítica carrinha que se tornou num ícone automóvel pela sua simplicidade, versatilidade e traço original. Este verdadeiro ícone do design tem sido um mouro de trabalho ao longo de décadas e sim, falo no presente, pois basta dar um pulo à América do Sul, principalmente Brasil, para ainda as encontrarmos em todo o lado.

Continuam a existir grupos de utilizadores das Transporter que, em reuniões um pouco por todo o lado, mostram a sua originalidade na renovação das carrinhas, mas todos, sem excepção, gostariam de ter uma nova mesmo ali ao lado na garagem. É o que os tempos mudaram mesmo muito e até o mais pacífico hippie tem hoje um smartphone conectado ao mundo.

VW I.D. Buzz

A VW tem mostrado concepts de vez em quando e, por muito que sejam aclamados pelo público, a aventura emperra. Sim, continuamos a ter as Travellers, mas não é a mesma coisa. Pode ser que com o novo I.D. Buzz (o segundo protótipo com estas iniciais) a situação mude, pois o mundo clama por novas motorizações e o abandono dos combustíveis fóssil.

A imagem é forte e vincada ao passado, mas com todo um look futurista que faz sorrir (e sonhar): o grande logotipo VW iluminado acompanha a nova forma dos faróis LED, tanto frontais como traseiros. As jantes de liga leve têm 22″ e até existem três aberturas de ar estilizadas nos pilares traseiros para assinar a ligação entre o passado e o futuro.

Mas é no interior que as mudanças são (ainda) mais radicais: o Buzz pode levar até oito passageiros e depois de ligar o modo automático, até quem guia se pode recostar e ficar a fazer sala com os amigos, dando só uma olhada para a informação em realidade aumentada que projecta num grande ecrã as imagens captadas pelas câmaras que tomam o lugar dos espelhos retrovisores. Este modo automático I.D. recolhe toda a estrutura do volante para criar um espaço lounge cheio de leds e o chão em madeira garante um toque de estilo e até retiro.

VW I.D. Buzz

A motorização é fornecida por um par de motores eléctricos que desenvolvem uma produção combinada de 369 cavalos de potência (275 quilowatts). Cinco segundos dos 0 aos 100 Km/h mostram como podemos chegar rapidamente de A a B mas a velocidade máxima está limitada a 160 km/h. Este dado é um factor determinante para a bateria de 111 kWh garantir 600 km de autonomia (dados do New Europe Driving Cycle).

Bom, vamos ver se é desta, VW!

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

VOICEBOX é um Blogue de João Gata

Siga o VoiceBox

QUAL O MELHOR SMARTWATCH 2017?

A ESTREIA EM DUAS RODAS

Vídeo da semana