YOSS é o primeiro serviço de apoio a freelancers e empresas


c.i.:

O Grupo Adecco anuncia o lançamento internacional do YOSS, a sua mais recente plataforma online, especialmente concebida para freelancers e empresas, desenvolvida em parceria com a Microsoft.

Trata-se de uma plataforma inovadora, cujo objectivo passa por apoiar a transformação do mundo do trabalho, assim como por melhorar e agilizar a relação entre freelancers e empresas. O YOSS oferece assim, uma forma rápida, flexível e segura às empresas de identificarem e entrarem em contacto com profissionais freelancers, que satisfaçam as suas necessidades numa determinada área de trabalho. Proporciona ainda uma série de serviços “on demand” aos freelancers, onde se incluem benefícios como seguros e aconselhamento, nomeadamente o legal, para que estes se possam focar no seu trabalho.

Segundo Carla Rebelo, Directora Geral da Adecco Portugal, “apesar dos portugueses ainda preferirem um trabalho a tempo inteiro e fixo, a nível internacional estamos já a assistir a uma mudança. Nesse sentido, o YOSS é uma solução que vem colmatar a dificuldade que ainda existe em estabelecer o primeiro contacto entre a empresa e o freelancer. Esta ferramenta pretende facilitar, simplificar e tornar transparente todo o processo de trabalho neste domínio”.

Cada vez mais assistimos à emergência da “gig economy”, um ecossistema de freelancers, que tende a crescer pelas vantagens que apresenta tanto a empresas como aos próprios.

A partir de agora é possível através de um único portal, com um mercado de procura e correspondência, oferecer um suporte comercial e administrativo que comporta novos níveis de segurança e confiança para a gig economy, como a protecção e a segurança de dados, cedida pela Microsoft.

O YOSS encontra-se, neste momento, disponível em França. Contudo, o objectivo é lança-lo a curto prazo a nível internacional.

Para mais informações visite https://www.yoss.fr/

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *